Toda a informação foi revista e a sua disposição otimizada de modo a que em poucos passos, qualquer bombeiro, cidadão ou empresa consiga aceder ao conteúdo pretendido. Para o efeito, foi introduzido um novo motor de pesquisa, tags (palavras-chave) para a organização das áreas de conteúdos, e informações complementares: downloads, ligações externas e artigos relacionados.

Mas não ficaremos por aqui. Em breve, teremos novidades: os corpos de bombeiros com quem temos protocolado ULF-Unidades Locais de Formação vão ter um lugar de destaque e vamos também conceber mais conteúdos para todos os interessados em saber mais sobre os bombeiros portugueses e a sua formação – uma necessidade identificada na relação que temos com as mais de 26 mil pessoas que seguem a nossa página do Facebook.

A ligação às redes sociais passou a ser mais simples e direta, e com isso a ENB pretende duplicar a nossa capacidade de divulgação até ao final deste ano, atingindo as 500 mil páginas visualizadas/ano. Resultados também potenciados pela otimização mobile do site(tablets e smartphones) que já representam 20% dos 90 mil acessos registados nestes 7 meses.